Como funciona a compra de imóveis na planta

Como funciona a compra de imóveis na planta

Compra/Venda | Minha Casa Minha Vida | 10/09/2018 | Tempo de leitura: 5 minutos

Se você está decidido a morar no que é seu e está à procura de uma casa ou apartamento, saiba que a compra de um imóvel na planta é uma excelente oportunidade de negócio! Opções não faltam no mercado imobiliário que oferece imóveis para todos os gostos e bolsos, menores ou mais amplos, localizados na área central ou mais distantes do centro.

Conhecer como funciona o processo envolvendo a compra de um imóvel na planta é fundamental para que você decida pela melhor opção de moradia, seja casa ou apartamento. Comprar na planta é, basicamente, financiar a construção do seu imóvel. Assim, você vai pagar para que uma construtora ou incorporadora construa a sua tão desejada casa própria.

Por isso, lembre-se que, comprar um imóvel na planta é um investimento com retorno para médio ou longo prazo, sendo que você irá usufruir da moradia em uma data futura e certa. O prazo para a entrega das chaves, geralmente, varia entre 18 a 36 meses dependendo do tamanho do imóvel e existência ou não de áreas comuns (espaço de lazer, garagens, etc.)

Saber o quanto você vai gastar na construção do seu imóvel junto à construtora também é importante. Aconselha-se que os gastos mensais com as prestações não ultrapassem os 30% da renda familiar. O interessado também deve estar atento a outros gastos que poderão surgir durante o período de obras, como despesas com cartórios.

A compra na planta envolve uma promessa de negociação futura. Assim, todo tipo de informação relacionada à obra e ao imóvel deve estar registrada em um contrato. Este documento deve ser elaborado com cláusulas claras e objetivas para não possibilitar interpretações ambíguas ou distintas de sua finalidade.

Dessa forma, o contrato de compra na planta tem algumas particularidades que devem ser cuidadosamente analisadas por quem busca o tão desejado lugarzinho próprio para morar.

As vantagens da compra de imóvel na planta

Imóveis na planta são mais baratos do que imóveis já prontos. Estimativas do Sindicato da Indústria da Construção Civil em Minas Gerais (Sinduscon/MG) mostram que o valor do imóvel na planta pode ser até 20% menor em comparação com um já pronto.

Além disso, depois de pronto, o imóvel originalmente adquirido na planta tende a se valorizar. Levando-se em consideração as correções financeiras, essa valorização pode chegar aos 30%. Por exemplo, quando você assinou um contrato para construção de um imóvel no valor de R$ 300 mil, quando da entrega das chaves, esse mesmo imóvel estará valendo cerca de R$ 360 mil e R$ 390 mil.

Nesse caso, essa vantagem pode ser percebida como uma valorização de 30% ou, então, um desconto de 30% na aquisição do imóvel. Ambos as análises são válidas em se tratando de um contrato desse tipo.

Outra vantagem para quem compra um imóvel na planta está relacionado ao ITBI, o Imposto de Transmissão de Bens Imóveis, que é menor para imóveis registrados na planta. Dessa forma, paga-se menos para você ser, efetivamente, dono do que é seu, pois o valor do tributo é calculado considerando-se o valor de mercado atual e não o preço de quando o imóvel estiver pronto.

Outra grande vantagem de se comprar na planta é que você poderá acompanhar todas as etapas da obra, desde a fundação até o acabamento. Sabendo que o imóvel é seu, fica mais fácil fiscalizar a construção e exigir que tudo esteja de acordo com o seu gosto.

Algumas construtoras oferecem ainda a possibilidade de personalização do imóvel. Assim, diferente do que acontece com um imóvel já construído, é possível adaptar a moradia aos seus interesses e necessidades. Tipo de piso, instalação de bancadas, cor e textura das paredes estão entre algumas da opções que podem ser personalizadas. Em alguns casos, há, inclusive, a possibilidade de pequenas alterações no projeto estrutural.

Os Contras da compra de imóvel na planta

As vantagens de se comprar na planta são inúmeras. Todavia, lembre-se que você irá desembolsar, mensalmente, uma parcela significativa de sua renda, com algo que não poderá se beneficiar no presente.

Se você paga aluguel, lembre-se também de considerar essa despesa juntamente com a prestação do imóvel em construção. Será mesmo possível conciliar esses dois gastos mensais, mesmo que por um curto período de tempo? Uma das grandes frustrações envolvendo a aquisição da tão sonhada casa própria é, justamente, a falta de planejamento financeiro e visão de futuro sobre o investimento.

Atrasos na conclusão da obra também podem resultar em uma grande dor de cabeça para quem espera estar com as chaves do imóvel próprio o quanto antes. Por isso, conhecer os precedentes e a idoneidade da construtora é fundamental!

O ideal é que o comprador verifique se a construtora em questão já foi responsável por outras obras na cidade e se a entrega das chaves foi feita dentro do prazo acordado. Entretanto, por incertezas no mercado ou devido a outras variáveis, algumas construtoras já acrescentam no contrato cláusulas sobre possíveis atrasos na entrega da obra, com a possibilidade de prorrogação no prazo para entrega da chaves. Mas, tudo deve ser, previamente, acordado.

Agora, que você já sabe sobre as vantagens e desvantagens de se comprar um imóvel na planta, veja 7 dicas que irão lhe auxiliar a tomar a decisão certa:

  1. Conheça a sua real capacidade financeira: como já citamos anteriormente este é um investimento de longo prazo e que você não poderá se beneficiar do bem adquirido por agora. Dessa forma, se você paga aluguel, lembre-se que também é preciso ter dinheiro em caixa para o pagamento dessa outra despesa, então faça um Planejamento Financeiro;
  2. Verifique se você tem crédito na praça: quem constrói é a construtora, mas quem libera o dinheiro das prestações do financiamento da obra são os bancos. Antes de fechar com a empresa, confirme a existência de crédito pré-aprovado junto aos bancos e, se necessário, providencie uma imediata atualização cadastral;
  3. Busque informações sobre a construtora: o mercado está repleto de todo tipo de empresa e, por isso, é fundamental verificar a existência ou não de reclamações junto à órgãos de defesa do consumidor (Procon, Tribunal de Justiça, etc.). Converse também com donos de imóveis entregues por aquela construtora. Nada melhor do que uma referência de alguém que viveu a experiência de fato;
  4. Analise a documentação do imóvel: todo imóvel a ser construído deve, obrigatoriamente, estar registrado junto ao cartório de imóveis. Por isso, verifique se o imóvel em questão foi registrado, juntamente com o memorial descritivo do empreendimento (documento onde constam informações como metragem do imóvel, prazo de entrega, condições de financiamento, etc.);
  5. Guarde material informativo e publicitário sobre a obra: quando do lançamento da obra, é comum as construtoras seduzirem os futuros compradores com material publicitário persuasivo e envolvente. Algumas variações na proposta inicial devem ocorrer, mas a construtora deve ser fiel ao que foi proposto. Por isso, guarde tudo relacionado à obra, inclusive mensagens trocadas pela internet (e-mail, aplicativos de mensagens instantâneas, etc.);
  6. Visite stand de vendas de diversas construtoras: boa parte da construtoras montam “decorados” em seus stands de vendas, onde mostram opções de uso para os seus imóveis. Ao conhecer um imóvel decorado, você terá uma noção mais clara sobre o que realmente irá atender às suas necessidades e expectativas (distribuição do móveis pelos cômodos, opções de decoração, etc);
  7. Vivencie momentos diversos no local onde será construído o imóvel: namore o local onde será erguido a sua futura moradia. Passeie por lá em diferentes horários do dia. Busque informações com a vizinhança sobre como é morar naquela localidade. Faça perguntas sobre como é a segurança nas proximidades, se há ou não muito barulho, se o acesso é facilitado...

A compra de um imóvel na planta envolve planejamento e disciplina para que essa decisão lhe traga satisfação e benefícios. Assim, quanto mais se informar sobre o processo, melhor!

Você pode contar com a Cidade Imóveis para uma compra segura! Conheça o Residencial Dona Rosa em Divinópolis e fale com um de nossos consultores.

Cidade Imóveis

A Locadora e Imobiliária CIDADE IMÓVEIS atua no mercado imobiliário de nossa cidade desde 2002, e vem mantendo uma prática empresarial pautada na ética e no profissionalismo, resultando daí, numa relação de confiança e credibilidade com seus clientes, fornecedores e colaboradores. Considerando seu pouco tempo de fundação, já possui sede própria com modernas instalações em excelente localização, e o que é mais importante, conta com uma equipe qualificada, destacando-se pelo atendimento personalizado a seus clientes, referência de sucesso e modelo de organização em seu segmento.

Comentários: